Projeto “Literatura Infantil”

CMEI VILA IZAURA  

Agrupamento: 5 anos / Matutino

Período de Duração: 2 meses (Outubro e Novembro)

 

 

PROJETO : LITERATURA INFANTIL

 

DESPERTANDO O PRAZER PELA LITERATURA INFANTIL

A IMPORTÂNCIA DE SE TRABALHAR COM LITERATURA INFANTIL

 

Justificativa

O impulso de contar histórias deve ter nascido no homem, no momento em que ele sentiu necessidade de comunicar aos outros alguma experiência sua, que poderia ter significação para todos. Concentram-se aqui a íntima relação entre a literatura e a oralidade. A leitura é uma atividade permanente da condição humana, uma habilidade a ser adquirida desde cedo. Lê-se para sonhar, viajar com a imaginação. Lê-se por prazer e curiosidade. Lê-se para aprender e ficar informado. Lê-se para questionar e resolver problemas. A leitura permite ao leitor manipular o próprio tempo, evolvendo-o em idéias, acontecimentos e fazendo-o interagir com o mundo de forma mais atraente. Mas, não há literatura sem leitor, e o texto nunca é o mesmo, porque provoca cada um de modo diferente.

“Ler histórias sempre, sempre… É poder sorrir, rir, gargalhar com as situaçòes vividas pelas personagens, com a idéia do conto ou com o jeito de escrever de um autor e, então, poder ser um pouco cúmplice desse momento de humor, de brincadeira, de divertimento…

É também suscitar o imaginário, é ter a curiosidade respondida em relação a tantas perguntas, é encontrar outras idéias para solucionar questões. É uma possibilidade de descobrir o mundo imenso dos conflitos, dos impasses, das soluções que todos vivemos e atravessamos. Ë ouvindo histórias que se pode sentir(também) emoções importantes, como a tristeza, a raiva, a irritação, o bem-estar, o medo, a alegria, o pavor, a insegurança, a tranqüilidade, e tantas outras mais (…)Pois é ouvir, sentir e enxergar com os olhos do imaginário.”

O Cmei representa a única oportunidade de ler que muitas crianças têm. É necessário, portanto, propiciar, nas salas de aula e nos momentos em roda  de leitura, a dinamização da cultura viva, diversificada e criativa, que representa o conjunto de formas de pensar, agir e sentir da nossa gente, nossas crenças, expectativas e esperanças. É também estar aberto para outras culturas.

A leitura é um processo amplo, que envolve a produção do sentido. De nada adianta ler sem compreender, ouvir sem gostar. É no encontro com qualquer forma de Literatura que os homens têm a oportunidade de ampliar, transformar, ou enriquecer sua própria experiência de vida.

“O primeiro contato da criança com um texto é feito oralmente, através da voz da mãe, do pai, ou dos avós, contando contos de fada, trechos da Bíblia, história inventadas (tendo a criança ou os pais como personagem), livros atuais ou curtinhos, poemas sonoros e outros mais.. contados durante o dia , numa tarde de chuva, ou estando todos soltos na grama, num feriado ou domingo – ou num momento de aconchego, à noite , antes de dormir, a criança se preparando para um sono gostoso e reparador, e para um sonho rico, embalado por uma voz amada.” ( ABRAMOVICH, Fanny )

Objetivo Geral:

  • Despertar o interesse e o gosto pela leitura, ampliando assim o universo lingüístico da criança.

Objetivos Específicos:

  • Trabalhar com valores presentes em nossa sociedade tendo como base os textos dos livros literários;
  • Levar as crianças a compreenderem o universo imaginário e fazer a distinção do real com o fantástico;
  • Realizar as atividades com uso de diferentes materiais como: giz, argila, carvão, gesso, tintas, massinhas, colas entre outros;
  • Trabalhar com a música e a dança sempre relacionando com a história contada no dia.

Culminância do Projeto:

Realizar um momento de integração com todos os agrupamentos do Cmei, no qual as crianças do agrupamento de 05 anos realizarão uma apresentação teatral sobre uma obra literária (escolhida por eles dentre as apresentadas no decorrer do bimestre pelas professoras).

Sugestões de atividades:

  • Baú de histórias, com vários livros para serem lidos, trocados, contados, desenhados, reescritos;
  • Baú da fantasia para que possam dramatizar a(s) história(s) contada(s);
  • Contar a vida do autor;
  • Criar suspense antes de contar a história, explorar a capa do livro, suas ilustrações, título;
  • Usar voz expressiva, animando a leitura, fazendo perguntas e comentários, , imitando e inventando vozes para cada um dos personagens, montando cenários e enfatizando situações emocionantes;
  • Organizar a turma em grupos e distribuir uma folha em branco, para que ilustrem;
  • Recontar a história com fantoches; com o uso de “microfone” de fantasia; na “televisão” ;
  • Caracterizar personagens (bom momento para identificar valores humanos);
  • Analisar o assunto principal da história;
  • Desenhar, recortar, colar, montar cenas da história e produzir textos;
  • Cantar, recitar, músicas e poemas relacionados a história;
  • Produzir um desenho que ilustra como seria se a Bela Adormecida acordasse hoje (o que não existia há cem anos atrás/ como ela ia viver);
  • Contar a história e não dizer o fim , pedir aos alunos que em grupo , organizem um fim para a história, contar para todos;
  • Recontar a história em quadrinhos;
  • Contar a história retirada de um livro, mostrar também em cd ou fita cassete e ainda em vídeo. Traçar comparações e ao final ilustrar ou montar um livro com ilustrações feitas pelas crianças;
  • Em roda colocar os livros no meio da sala ou distribuir um para cada um, pedir que façam uma leitura de imagens e recontem o que viram e que imaginam ter na história;
  • Usar um objeto qualquer que tenha na história a ser contada, colocar numa caixinha para que as crianças adivinhem o que tem e qual é a história. Dar dicas e pistas;
  • Teatro de fantoches, teatro de sombras, teatro de palitoche, dramatizações;
  • Utilizar a mesma história contada em épocas e autores diferentes para que façam comparações:elaborar novas versões dos contos de fadas;

BIBLIOGRAFIA:

.FIORE, De Elizabeth (organizadora). “A viagem da leitura nas terras do faz-de –conta”. Nova Escola. Nº 112, maio, 1998, p.10-19.

.MINAYO, MC (Organizadora), Pesquisa Social, teoria, método e criatividade, 3ª edição,Petrópolis, Editora Vozes – 1994.

. ABRAMOVICH, Fanny – Literatura Infantil, Gostosuras e bobices

.MINISTÉRIO,Cristina (organizadora). “Literatura – passaporte para o prazer”. AMAE Educando. Nº 292, junho, 2000, p.8-13.

4 Respostas to “Projeto “Literatura Infantil””

  1. Solange R. Says:

    Bacana esse espaço Mônica! Só senti falta de algumas fotos sobre o desenvolvimento (prática) desses projetos, sendo realizado pelas crianças, tenho certeza que deve ter sido muito prazeroso para os pequenos. Bjo!

  2. aline b mantovani Says:

    adorei esse espaço,me ajudou muito em meu trabalho.

  3. Cáren Lucia Fernandes. Says:

    Com certeza será muito gratificante para o professor desenvolver esse projeto em sala de aula. E os pequenos vão amar esse tipo de atividade. Parabéns!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: