Nada dura para sempre

Mônica, 05/04/2010 às 21:19hs

(li esta obra como indicação de uma grande e eterna amiga colegial, Adriana Luíza Caixeta, uma amante de Sheldon, que me apresentou tantas obras literárias. Tive contato com a obra na semana santa de 1998, hoje, doze anos depois tive a oportunidade de reler este romance tão intrigante).

Nada dura para sempre

Sidney Sheldon

Literatura Estrangeira

Sidney Sheldon detalha em 306 páginas a história de três médicas: Paige Taylor, Kat Hunter e  Honney Taft.

Taylor teve um pai médico que trabalhava para a OMS em países africanos, por isso Taylor viveu como nômade por toda sua infância, a mãe a deixara pois não agüentou a rotina de médico do pai, deixando filha e marido. Nessas ocasiões Taylor se apaixonou por Alfred Turner, que vivia uma história parecida com a dela. O pai de Taylor decidiu que era melhor Taylor  ir para Joannesburgo morar com o tio pois haviam muitos perigos nas aldeias por quais passavam. Taylor resistiu por amor ao pai e a Alfred, que prometeu ir buscá-la um dia. O pai de Taylor morreu uma semana depois num conflito com o pessoal das aldeias locais que resistiam aos tratamentos médicos.Taylor na casa do tio teve boa educação e decidiu que queria ser médica como o pai. Sua vontade foi feita.

Kat Hunter, uma negra que era estuprada pelo padrasto, ao contar para sua mãe levou uma surra, decidiu se calar e agüentar os assédios, quando se viu grávida e foi procurar uma tia que deu lhes bons estudos, ela decidiu nunca mais ficar com homem algum, depois do aborto, se formou em medicina e se preocupava muito com o irmão Mike que continuara na casa dos pais.

Betty Taft tinha duas irmãs lindas e populares no colégio, ela era como o patinho feio da família, ninguém queria sair com ela, mas logo ela descobriu como fazer um homem ficar louco por ela, estudou kama sutra e tantos outros do gênero se tornando bastante popular, queria ser enfermeira, mas o pai foi contra e disse que deveria ser médica, pelo pai ela seguiu em frente na faculdade de medicina, sempre tirava baixas notas mas fazia com que os professores a deixasse com notas altíssimas.

Em julho de 1990, cidade de São Francisco as três novas médicas residentes se encontram no Hospital Público Embarcadero, um hospital bastante movimentado que recebia pacientes de todos os gêneros e classes sociais, acidentados, sem documentos e todos os tipos de procedimentos eram executados. As três se conheceram e decidiram dividir um apartamento, a residência era bastante cansativa. Paige sempre sonhava com seu Alfred, Hunter nunca mais queria homem algum e Taft resolvia seus erros médicos com conversas particulares no gabinete do diretor do hospital. Certa vez Alfred chegou na casa de Paige casado, foi um susto pra ela, depois disso conheceu Jason Curtis, arquiteto com quem teve um lindo romance. Hunter era chamada a calcinha de ferro, e descobriu que um médico muito atraente tinha apostado dez mil dólares como conseguia a levar pra cama em trinta dias, ardilosamente ele conseguiu, e ela caiu na armadilha de que ele estaria apaixonado por ela, engravidou-se e decidiram se casar, mas logo Ken Mallory se viu numa oportunidade de se casar com uma moça rica e teve que tirar Kat de seu caminho, matando-a. Paige descobriu o crime e fez com que ele fosse preso. Honney Taft se viu desprotegida quando o diretor do hospital Dr. Wallace foi demitido do cargo e então ela se casou com um paciente e foi exercer a tão sonhada profissão de enfermeira. Paige era assistente do mais conhecido cirurgião cardíaco do mundo, Dr. Baker que a fizera acreditar que ele a odiava, pois ele cobrava dela perfeição. Taylor era uma médica preocupada com sua profissão e certa vez ajudou um paciente a morrer, um homem que gostava muito dela a pediu que desligasse os aparelhos para acabar com o sofrimento dele que era muito, ela não podia fazer isso, mas sabia que ele estava sofrendo e resolveu injetar insulina no soro intravenoso, ele morreu, dias depois soube que Cronnin lhe deixara uma herança de um milhão de dólares. Médicos invejosos a levaram no tribunal, Paige foi presa acusada de assassinato por dinheiro, Jason Curtis sempre estava ao seu lado. Mas uma testemunha foi crucial no caso, Dr. Baker chega de surpresa e como testemunha de acusação, que todos acharam que fosse, ele contou toda a história vivida ao lado de Paige e disse que ela era a melhor cirurgiã que ele já conhecera, ela foi absolvida, o julgamento se passa na primavera de 1995.

Sheldon traz a tona um assunto polêmico que deixa o leitor a refletir sobre a eutanásia, será que um paciente em total aquisição da mente não tem o direito de decidir sobre sua própria vida? Um paciente que vem lutando contra terríveis dores, atrelado a uma cama de hospital, entubado não pode decidir se quer parar este sofrimento? Paige Taylor apenas ajudou um pobre paciente que estava sofrendo tanto, ela encurtou a sua dor e por isso foi presa e julgada por tantas opiniões que a rotularam como assassina.

Qual será sua opinião sobre eutanásia depois da leitura desta obra?

3 Respostas to “Nada dura para sempre”

  1. nana Says:

    oi ler este livro foi uma experiencia maravilhosa e me foi indicado pela mesma pessoa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: